Sou privilegiado, entre Sampa e Santos…

Sou privilegiado: morar em Sampa megalópole, desfrutar de sua vida cultural invejável, trabalhos e possibilidades cosmopolitas, e em pouco tempo descer a serra e poder ser arrebatado pelo mar/pôr do sol da minha ilha de Santos natal…Sou privilegiado: morar em Sampa, megalópole industrializada de concreto, desfrutar de sua vida cultural invejável, trabalhos e possibilidades cosmopolitas, e em pouco tempo descer a serra da estrada em curvas e ser arrebatado pelo mar/pôr do sol litorâneo da minha ilha de Santos natal… Rara ambivalência geográfica em qualquer canto do mundo. Amores, memórias, experiências, problemas socioeconômicos a resolver, vislumbres. Poético, mas também cinematográfico, como tem sido o filme político que comecei a gravar em ambas as cidades que somente juntas completam-me.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.